Dias de Mort Cinder

Domingo, 21 de outubro de 2012.

Vi Mort Cinder caminhando pela Rambla de Pocitos.

Inconfundível sobretudo cinza, cabelos brancos, o rosto desenhado a golpes de gilete. Soube, de imediato, que o acaso me brindara com o privilégio de testemunhar o fim de uma história, pois, como disse o próprio Oesterheld, tudo começa com um objeto muito antigo no antiquário de Ezra Winston.

Escravo, guerreiro, presidiário, testemunha, talvez, pensei, dos crimes de Whitechapel, cujo autor ele teria revelado a Eduardo Cuitiño, o matemático uruguaio.

Sei que me pareceu um símbolo a figura do imortal cortando a bruma, junto à praia, contra a corrente do rio de mulheres que corria na direção oeste.  

Há quanto tempo, me interroguei, o homem eterno, estaria perambulando por Montevidéu?

Teria degustado o vinho local?

Teria comido um assado no Mercado do Porto?

Sorri ao imaginá-lo tirando uma aes grave do bolso para pagar o almoço.

Teria visto a dança dos corpos nus femininos pintados de laranja em frente ao Palácio Legislativo?

E os jornais, teria lido?

O que pensaria o homem de infinitas encarnações sobre a interrupção da gravidez?

Ao homem que ressuscita lhe importariam as diversas formas de nascer e de morrer? 

Para o homem que aprendeu a viver, o que significa a vida?

Entre os pontos de interrogação, como entre colunas de um prédio em ruínas, vi Mort Cinder desaparecer,

No meio da neblina.    

IRINEU BARRETO é poeta e ensaísta. Nasceu em Belém do Pará e reside em Brasília. É diplomata de carreira e já serviu em Montevidéu e em Lisboa. Em 2004, publicou sua primeira coletânea de poemas, Páginas Poluídas.  Sua segunda coletânea, Rancor de Verão, está sendo finalizada para publicação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s