Emília

Maria Luiza Machado

de longe

parecia uma mancha preta

na toalha de mesa

de perto

as moscas se dispersavam

enquanto ela chegava

carregando suas panelas pelo braço

o barulho do alumínio ressoando

pelo quintal pequeno

sentava-se com a galinha

recém-morta e depenada

jogada na caçarola

o barulho do pescoço quebrando

ainda ecoava em seus ouvidos

nem ligo mais, nem ligo

temperos cortados

dessa vez sem sangue derramado

e nenhum filete de dedo perdido

lenha acesa

água fervendo

sol esquentando

cachorro latindo

o universo pintado de verde

naquele canto

já quase esquecido

mais quarenta minutos

almoço servido.


Maria Luiza Machado é baiana de 1995, nascida em Feira de Santana, habitante da capital Salvador há sete anos. Publicou seu primeiro livro, Algumas Histórias sobre a Falta (edição da autora) em 2018 e, no ano seguinte, Todos os Nós, (editora Penalux, 2019). Idealizou, curou e organizou a antologia Corpo que Queima, que reuniu 41 poetas baianas também em 2019. É idealizadora e editora da Mormaço Editorial. Seu terceiro livro, Tantas que Aqui Passaram, está prestes a ser lançado com o selo de sua editora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s