A porta

Layla Oliveira

Chego, pra quase alcançar

mas ninguém faz ferida.

A estrela que vejo, perfeita

é a luz fraca que enfeita

a rua sem saída.

No limiar do limite

a lâmina aponta,

ameaça

não corta.

Dora, se a porta não abre

não há uma porta.


LAYLA OLIVEIRA nasceu em Curitiba, em outubro de 1999. É poeta, artista, tradutora e estudante de Letras na UFPR. Foi finalista do Prêmio Off-Flip de Literatura 2020 e do Concurso de Contos Luci Collin. O seu primeiro livro de poemas, O que há por trás da porta, foi publicado em 2020 pela Kotter Editorial.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s