3 poemas de Lydia Lunch e Exene Cervenka

Lydia Lunch (2 de junho de 1959-) nasceu em Rochester, Nova Iorque, EUA. É cantora, poeta, escritora e atriz americana. Foi vocalista e guitarrista da banda Teenage Jesus and the Jerks, e teve parcerias com J. G. Thirlwell, Nick Cave e Rowland S. Howard, além de figurar em filmes independentes de Richard Kern, Scott B e Beth B, Vivienne Dick, dentre outros. Na literatura, divide-se majoritariamente entre ensaios, poesia e memórias.

Exene Cervenka (1o. de fevereiro de 1956-) nasceu em Chicago, Illinois, EUA. É cantora, poeta e artista visual, mais conhecida por ser a vocalista da banda punk X. Além do livro “Adulterers Anonymous”, lançou com Lydia Lunch um álbum de Spoken Word chamado “Rude Hieroglyphics”. Nas artes visuais, atua majoritariamente com colagens e diários.

Em 1982, Lunch e Cervenka lançaram o livro “Adulterers Anonymous”, de onde vieram os três poemas abaixo, traduzidos por Susy Freitas, editora da Revista Torquato. Escrito a quatro mãos, os trechos em maiúsculas assinalam o que foi escrito pela primeira, enquanto que os em minúsculas correspondem à escrita da segunda.

O PASSADO NUNCA MORRE, SÓ SE REPETE CONTINUAMENTE

EM SI.

o passado nunca se repete, apenas morre continuamente.

THE PAST NEVER DIES IT JUST CONTINUALLY REPEATS

ITSELF.

the past never repeats itself it just continually dies.


MEUS PÉS DESAPARECEM NA CALÇADA E EU TROPEÇO NO MEIO-FIO.

MEU CÉREBRO DERRETE DENTRO DE UM MUSTANG ’65.

SANGUE VERMELHO SANGRANDO DOS TEMPLOS.

SALVE,MARIA CHEIA DE NADA.

UMA MULTIDÃO SE REÚNE NA BASE DO DESASTRE.

ASSOMBRADA PELA MINHA CATÁSTROFE.

UMA ABOMINAÇÃO PÚBLICA E ENTÃO ALGUNS.

PONTO PONTO PONTO

naufragar naufragar naufragar 

de costa a costa com o espírito santo.

MY FEET DISAPPEAR IN THE SIDEWALK AND I TRIP THE CURB.

MY BRAINS MELT INSIDE A ’65 MUSTANG.

BLOOD RED AND BLEEDING FROM THE TEMPLES.

HAIL MARY FULL OF NOTHING.

A CROWD GATHERS AT THE BASE OF DISASTER.

BEMUSED BY MY CATASTROPHE.

A PUBLIC EYESORE AND THEN SOME.

DOT DOT DOT

wreck wreck wreck

coast to coast with the holy ghost.


PEQUENA SANTA SOFREDORA

solteirice

viuvez

adúlteros anônimos

dona de casa coçando minha barriga,

todos empacados sem ter para onde ir.

LAR É ONDE O CORAÇÃO DESLIZA.

NO MEU BOLSO DE TRÁS

REBOBINE E APAGUE.

PINTADO EM UMA BANDEJA.

SIMPLES DESASTRES.

UMA MOSCA NA MANTEIGA GRITANDO MEU NOME.

NADA É SAGRADO?

NÃO, VOCÊ ESTÁ CERTO, NADA É SAGRADO.

assustam-me com seus rádios no carro

e roupas estranhas, sem cuecas

sob suas polainas de couro.

o repugnante corpo da masculinidade.

Viuvez, solteirice, irmandade,

livros de menininha.

nem ele e nem você pode ir.

você deve ficar para trás.

e ele deve partir.

vá para o seu armário.

o susto era meu armário e as roupas que tomam

a forma do repugnante corpo do homem.

em verdade, em verdade, eles guincham seus pneus de carro contra a parede.

precedido pelo latido dos faróis, subindo a parede

subindo o teto, do outro lado da cama.

nem eu e nem você pode dormir.

SUFFERING LITTLE SHE-SAINT

spinsterhood

widowhood

adulterers anonymous

housewife scratching my belly,

all snarled up with no place to go.

HOME IS WHERE THE HEART SLIPS.

INTO MY BACK POCKET

REWIND AND ERASE.

PAINED ON A PLATTER.

SIMPLE DISASTERS.

A FLY IN THE BUTTER SCREAMING MY NAME.

IS NOTHING SACRED?

NO, YOU’RE RIGHT, NOTHING IS SACRED.

scaring me with their car radios

and queer clothes, no underpants

under their leather chaps.

the disgusting body of manhood.

widowhood, spinsterhood, sisterhood,

girly books.

neither he nor you can go.

you must stay behind.

and he must leave.

go into your closet.

scaring me was my closet and clothes that take

the shape of the disgusting body of man.

verily verily they squeal their car tires against the wall.

preceded by the barking of headlights, up the wall

up the ceiling across the bed.

neither me and you can sleep.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s